quinta-feira, 2 de junho de 2016

Caracteristicas de um LÍDER



Embora cada líder tenha um perfil diferente e características que são apenas suas, alguns aspectos são inerentes a gestores natos e surgem desde muito cedo na vida dessa pessoa, podendo, inclusive, serem notados nos primeiros dez anos de vida da criança, que já demonstra senso de liderança entre colegas de escola, por exemplo.

Muitas competências podem ser aprendidas, desenvolvidas e trabalhadas, porém certas pessoas têm o dom de liderar, o que pode facilitar o seu caminho rumo a um cargo de gestão. Caso você esteja em dúvida se é ou não um líder nato, nossas dicas a seguir te ajudarão a se reconhecer no perfil de gestor. Todos esses itens combinados são a receita para se ter um líder, que, diante desses comportamentos e características, precisará apenas desenvolver suas habilidades.

1. Poder de influência

Na maioria dos casos, já é perceptível logo na infância que uma criança estabelece relações de liderança sobre as demais. Isso se prorroga ao longo da adolescência e na vida adulta, quando essa pessoa mostra alto poder de influência em discussões e reuniões de projetos. Se grande parte das ideias que você defende são apreciadas e adotadas, você está no caminho para ser um gestor.

2. Antecipação aos problemas

Pessoas que estão ligadas no todo e não se concentram apenas na sua tarefa têm a habilidade de tomar iniciativas antes que os problemas surjam. Isso reflete uma atitude de liderança, já que bons gestores se antecipam às bombas e agem antes que elas explodam.

3. Alta capacidade de comunicação

O medo se expor a grandes desafios e públicos é uma características de líderes, que geralmente não têm acanhamento. Além disso, pessoas com esse perfil são boas comunicadoras, possuem eloquência na fala e facilidade de sintetizar argumentos. Isso também pode ser observado desde a infância, quando a criança ou adolescente sempre é chamada(o) para apresentar trabalhar e falar pelo grupo.

4. Disposição para ajudar

Saber escutar e ajudar quando um colega precisa é fundamental em um líder, que deve sempre estar disponível, dando suporte a uma determinada área quando houver necessidade. Além de ouvir, um bom gestor orienta a pessoa a fazer a tarefa da melhor forma em vez de fazer por ela.

Os tipos de gestor mais encontrados no mercado são:
  • Direcionador - Esse líder propõe muito e pergunta pouco. Seu objetivo é dar direção a um grupo com base em suas convicções e valores. Embora escute pouco e seja pouco aberto a opiniões, é responsável e muito ativo nos processos, assumindo para si os desafios do grupo. O ponto negativo desse chefe é que ele oferece pouca margem para negociação e tem o hábito de controlar as coisas. Por outro lado, sua responsabilidade é um ponto positivo.
  • Cooperador - Esse tipo de gestor propõe muitas coisas e faz muitas perguntas, estimulando a cooperação e atuação direta de todos e orientando o grupo de forma eficaz. Informado sobre tudo, o chefe cooperador tem uma atuação presente e compartilha responsabilidades, o que é um ponto positivo, mas, ao mesmo tempo, eleva ao máximo as exigências e expectativas de todos, o que gera conflito e estresse.
  • Delegador - Esse chefe indaga pouco, deixa um grupo atuar sem muita supervisão, apenas apresentando tarefas e atividades sem cobrar ou direcionar um projeto de acordo com o necessário. Seu ponto positivo é estimular a criatividade de todos e a participação, mas o negativo é que ele não se responsabiliza pelos erros que podem acontecer no meio ou no fim dos processos.
  • Questionador - Esse estilo de liderança propõe pouco e indaga bastante. Por ter um perfil mais inseguro, esse líder desenvolve uma boa atuação, mas sofre de desconfiança e cerca-se de controles o tempo todo. O ponto negativo desse estilo de liderança é que um grupo submetido a um gestor com esse perfil tem poucas possibilidades de articulação.
 5. Curiosidade

Pessoas curiosas e abertas ao novo têm, geralmente, mais chances de se tornarem líderes, haja vista que essa postura mostra o seu nível de interesse em relação a todos os assuntos e aprendizados.

6. Habilidades multitarefa

Um profissional que consiga fazer várias coisas ao mesmo tempo sem perder o foco é um gestor em potencial. Em geral, líderes têm essa característica de não se concentrarem apenas em uma tarefa, mas sim prestar atenção a tudo que está ocorrendo.

7. Empatia

A habilidade de se colocar no lugar do outro é a que diferencia bons líderes de gestores medianos. Ao se preocupar com o impacto de suas ações sobre as outras pessoas e avaliar a maneira como o outro o percebe, uma pessoa demonstra alta capacidade de liderar bem e de maneira humanizada.

8. Encarar a responsabilidade

Embora todos erremos, nem todo mundo assume a responsabilidade quando faz algo de errado. Quem possui habilidades de liderança tem a capacidade de ser transparente e assumir a responsabilidade pelo que fez.

Pessoas poderosas e líderes de sucesso não conquistaram essas posições por acaso. Seus comportamentos, posicionamentos, ações e hábitos lhes garantiram essas posições de destaque. Para quem quer estar neste patamar aqui vai algumas medidas a serem tomadas para se inspirar e, quem sabe, se transformar em uma pessoa poderosa:
  • Nunca fale muito - “É melhor ficar em silêncio e pensarem que você é um idiota do que abrir a boca e tirar essa dúvida”, já dizia Abraham Lincoln. Algumas das pessoas mais poderosas do mundo estabeleceram suas altas posições falando claramente, de forma eloquente, porém não muito. Quanto menos você fala, menor a chance de se auto-trair, como dito por Lincoln. Além disso, pessoas mais quietas são vistas como mais inteligentes e influentes. Portanto, pense bem e seja bem conciso na hora de falar, para não cometer gafes.
  • Seja flexível - Pessoas de sucesso e poder tendem a ser adaptáveis. Isso não significa ceder sempre, mas sim ter o famoso “jogo de cintura” para chegar a um consenso entre time ou contornar uma situação difícil. Como o mundo é cheio de desafios inesperados, pessoas que forem mais adaptáveis tendem a ser as que resolvem melhor os problemas e, por isso, são vistas como mais poderosas.
  • Não discuta - Expor seus argumentos pode ser uma experiência de crescimento, porém, na maioria das vezes, você gasta uma energia que poderia ser utilizada com alguma ação concreta. Líderes de sucesso não perdem muito tempo tentando convencer alguém que já tem sua opinião formada. Em vez disso, trabalham para colocar seu plano em prática e mostrar dados concretos. É fácil discordar de uma ideia, mas quase impossível ir contra fatos ou dados concretos.
  • Não se isole - Esse aspecto é de extrema importância, pois pessoas de sucesso estão engajadas com suas famílias, colegas e amigos. Nunca se isolam ou tentar ganhar poder sozinhos. Criar uma forte rede de networking é fundamental, assim como manter contato com os membros dessa rede e sempre estar atualizado.
  • Pense sempre adiante - Na vida e no jogo de xadrez é preciso pensar um passo à frente, não é mesmo? Pessoas poderosas sempre avaliam aspectos do futuro e, por isso, estão dispostas a fazer sacrifícios hoje para colher frutos amanhã. Basta observar a história de sucesso de diversos empreendedores, que passaram por um período turbulento em suas vidas e se sacrificaram para, depois de um tempo, o esforço valer a pena e seu investimentos mental, físico, emocional e financeiro gerar retorno.
  • Escolha o momento certo - O que você faz geralmente impacta menos na sua vida do que quando você faz, sabia? Achar o “timing” correto para executar uma ação, conversar com alguém ou administrar um problema é a chave para se ter sucesso como os grandes líderes. Pense, por exemplo, que você precisa dar uma notícia ruim ao seu chefe. O melhor momento de fazer isso é quando ele estiver nervoso e irritado ou em um período mais calmo? A abordagem correta vale para tudo, em todos os aspectos da vida.
  • Coloque-se em evidência - Líderes de sucesso precisam de distinguir de um grupo. Eles não seguem o fluxo, adotando as mesmas ações que todos, mas traçam seu próprio caminho, trabalhando mais duro que os outros ou seguindo rumos diferentes dos demais. Essa é a única forma de se diferenciar e conseguir se manter no topo. A liderança é um comportamento aprendido e que se torna automático com o passar do tempo. Os líderes mais bem-sucedidos são os tomadores de decisões, que transmitem segurança às pessoas e as desafia a pensar, que recompensam bons desempenhos e sabem aproveitar talentos. Invista no desenvolvimento dessas habilidades e mude a sua imagem perante os outros!

9. Senso de justiça

Ao ser justa, uma pessoa demonstra que tem vocação para liderar uma equipe. O senso de justiça é fundamental em profissionais que almejem um cargo de gestão, já que ele se deparará com situações conflituosas o tempo todo e precisará ter sabedoria para tomar a decisão mais justa.

10. Foco na solução dos problemas

Em vez de fugir do tema central e pensar em várias alternativas, um líder foca seus esforços na resolução dos problemas, tentando simplificar processos e solucionar dilemas o mais rapidamente possível. E você? Se encaixa na maioria desses quesitos? Caso a resposta seja afirmativa, é hora de aprimorar suas habilidades e concentrar esforços para conquistar aquela tão sonhada vaga! Mãos à obra!

Matéria extraída:
https://www.lovemondays.com.br/