quinta-feira, 14 de abril de 2016

Exercícios resolvidos: Balancete



Olá leitores do Essenziale Blog! Começamos agora uma nova coleção de postagens: resolução de exercícios. Para início escolhemos um bem simples e comum para estudantes nos primeiros semestres do curso de Ciências Contábeis: classificação das contas do balancete em segundo a natureza de débitos e créditos.

Exercício de classificação e verificação do Balancete


Dado os saldos a seguir, classifique e justifique cada conta, monte o Balancete de Verificação inicial corrigido, a Demonstração do Resultado do Exercício e o Balanço Patrimonial.

CONTAS DAS SALDOS
  • Caixa - R$ 2.283,71
  • Contas a receber - R$ 487,38
  • Impostos retidos - R$ 150,00
  • Despesas de juros - R$ 33,95
  • Veículos - R$ 480,00
  • Prédios e edifícios - R$ 900,00
  • Despesas de salários - R$ 739,40
  • Banco X conta movimento - R$ 68,50
  • Móveis e utensílios - R$ 514,80
  • Estoque de mercadorias - R$ 49,65
  • Descontos concedidos - R$ 17,82
  • Despesas de manutenção - R$ 5,86
  • Despesas de condução - R$ 30,17
  • Equipamentos - R$ 700,00
  • Despesas de propaganda - R$ 8,96
  • Bancos Y conta movimento - R$ 114,20
  • Despesas de energia - R$ 15,60
  • Títulos a pagar - R$ 80,00
  • Descontos obtidos - R$ 19,63
  • Contas a pagar - R$ 78,59
  • Serviços recebidos antecipadamente - R$ 460,00
  • Rendas de juros - R$ 37,45
  • Rendas de serviços - R$ 1.913,80
  • Salários a lagar - R$ 375,98
  • Capital Social - ?

Resolução:


Para começar a resolução vamos voltar um pouco na classificação das contas quanto a sua natureza. Em princípio sabemos que:
  1. Contas do Ativo e Passivo formam o Balanço Patrimonial (são contas Patrimoniais)
  2. Contas da Receita, Custos e despesas afetam o patrimônio, são contas de Resultado, constantes na Demonstração do resultado do Exercício
  3. Contas do ativo, custos e despesas tem saldo devedor;
  4. Contas do passivo e receitas tem saldo credor;
  5. Os saldos de débitos e créditos devem ser iguais;
  6. A diferença entre Receitas e custos e despesas vai para o Patrimônio Líquido, com saldo credor (se as receitas forem maiores, ou seja, lucro) ou com saldo devedor (se as despesas forem maiores, isto é, com prejuízo);
  7. Contas do Passivo exigível geralmente terminal com “a pagar” no nome, afinal, são obrigações, representando dívidas da empresa;
  8. Contas do Ativo podem terminar com a “receber”, muito lógico uma vez que parte dos ativos correspondem a direitos que a empresa tem para com terceiros;
  9. Ativos imobilizados geralmente são adquiridos por valores altos e tem devem ter durabilidade maior que um ano, sendo usadas por muito tempo para a atividade-fim da empresa;
  10. Itens consumidos diariamente, de valor baixo e sem vida útil longa constituem-se em despesas (administrativas e de vendas, por exemplo).
Com isso temos o seguinte quadro:

CONTAS E SALDOS DEVEDORES (LANÇADOS A DÉBITO)
  • Caixa - R$ 2.283,71 - Conta do Ativo
  • Contas a receber - R$ 487,38 - Conta do Ativo
  • Impostos retidos - R$ 150,00 - Conta do Ativo
  • Veículos -R$ 480,00 - Conta do Ativo
  • Prédios e edifícios - R$ 900,00 - Conta do Ativo
  • Banco X conta movimento - R$ 68,50 - Conta do Ativo
  • Móveis e utensílios - R$ 514,80 - Conta do Ativo
  • Estoque de mercadorias - R$ 49,65 - Conta do Ativo
  • Equipamentos - R$ 700,00 - Conta do Ativo
  • Bancos Y conta movimento - R$ 114,20 - Conta do Ativo
  • Despesas de juros- R$ 33,95 - Conta de Resultado (Custos e Despesas)
  • Despesas de salários - R$ 739,40 - Conta de Resultado (Custos e Despesas)
  • Despesas de manutenção - R$ 5,86 - Conta de Resultado (Custos e Despesas)
  • Despesas de condução - R$ 30,17 - Conta de Resultado (Custos e Despesas)
  • Despesas de propaganda - R$ 8,96 - Conta de Resultado (Custos e Despesas)
  • Despesas de energia - R$ 15,60 - Conta de Resultado (Custos e Despesas) 
  • Descontos concedidos - R$ 17,82 - Conta de Resultado (Conta Redutora da receita)

E as CONTAS E SALDOS CREDORES (LANÇADOS A CRÉDITO)

  • Serviços recebidos antecipadamente - R$ 460,00 - Conta do Passivo Exigível
  • Títulos a pagar - R$ 80,00- Conta do Passivo Exigível
  • Contas a pagar - R$ 78,59- Conta do Passivo Exigível
  • Salários a lagar - R$ 375,98- Conta do Passivo Exigível
  • Capital Social - ? - Conta do Patrimônio Líquido
  • Descontos obtidos - R$ 19,63 - Conta de Resultado (Conta Redutora dos Custos das Compras)
  • Rendas de juros - R$ 37,45 - Conta de Resultado (Receita Financeira)
  • Rendas de serviços - R$ 1.913,80 - Conta de Resultado (Receita de Serviços)

Somando os totais lançados a débito e a crédito temos, respectivamente, R$ 6.600,00 e R$ 2.965,45.

Sabemos que o Balancete não pode apresentar diferenças entre os montantes dos saldos de débitos e de créditos. Logo temos uma conta sem saldo e esta é o Capital Social, que em seu meio está o saldo do exercício (lucro ou prejuízo, trazido da DRE).
Agora vamos separar as contas conforme seus grupos, a começar pelas contas de resultados (receitas, custos e despesas) e com isso determinar o resultado do exercício:
Atribuímos à Receita o saldo de descontos concedidos, uma conta redutora da receita, uma vez que é formada por aqueles descontos dados aos clientes. Assim temos a DRE resumida a seguir:

CONTAS e Valores
Rendas de serviços .................................................... R$ 1.913,80
Descontos concedidos................................................-R$ 17,82
Saldo de Receitas................................................... R$ 1.895,98

Despesas de salários..................................................-R$ 739,40
Despesas de manutenção...........................................-R$ 5,86
Despesas de condução...............................................-R$ 30,17
Despesas de propaganda...........................................-R$ 8,96
Despesas de energia..................................................-R$ 15,60
Descontos obtidos.......................................................R$ 19,63
Saldo de Custos e despesas................................. -R$ 780,36

Rendas de juros......................................................... R$ 37,45
Despesas de juros..................................................... -R$ 33,95
Saldo Financeiro................................................... R$ 3,50

Resultado.............................................................. R$ 1.119,12

Cabe destacar que para a construção da DRE seguimos a estrutura típica do relatório, qual seja: Receitas menos abatimentos, depois custos e despesas operacionais e o resultado financeiro. Vale observar que a conta de descontos obtidos embora seja um custo, tem saldo credor, isto é, aumenta a receita por tratar-se de conta redutora dos custos das compras de produtos e mercadorias.
E com esse resultado de R$ 1.119,12 definido da DRE podemos passar para a etapa de montagem do Balanço Patrimonial. No entanto, para este além de seguir a sequência de Ativos de um lado e Passivos do outro faremos mais uma classificação ou ordenamento, melhor dizendo. No Balanço Patrimonial as contas são colocadas conforme a sua monetização. Para tudo! Conforme o quê?! É, monetização, ou seja, a capacidade de se transformar em dinheiro num período de tempo. Por exemplo, os ativos que viram dinheiro com mais facilidade (conta-corrente é só ser sacada que tem-se dinheiro na mão) são chamados ativos circulantes. Assim temos:

ATIVO CIRCULANTE

Caixa ............................................................................... R$ 2.283,71
Banco X conta movimento............................................ R$ 68,50
Bancos Y conta movimento.......................................... R$ 114,20
Contas a receber............................................................ R$ 487,38
Impostos retidos...........................................................  R$ 150,00
Estoque de mercadorias..............................................  R$ 49,65
Total do Ativo Circulante........................................ R$ 3.153,44

ATIVO NÃO CIRCULANTE

Prédios e edifícios..........................................................R$ 900,00
Móveis e utensílios........................................................ R$ 514,80
Material de escritório a utilizar.....................................R$ 49,65
Equipamentos................................................................R$ 700,00
Veículos......................................................................... .R$ 480,00
Total do Ativo Não Circulante................................R$ 2.644,45

Total do Ativo Circulante.......................................R$ 5.797,89

Já no lado do Passivo o raciocínio é conforme monetização sim, mas não a receber dinheiro, e sim, a desembolsar obrigatoriamente. Ou seja, quanto mais rápido tiver que pagar uma dívida, mais em cima no Balanço deverá ficar.
Mas como sabemos que o Balanço Patrimonial apresenta o equilíbrio estático do patrimônio da entidade, o total de ativos deve ser igual ao total de passivos. Assim, acrescentaremos ao Patrimônio Líquido o valor do Lucro do Exercício calculado na DRE e o que faltar de diferença será acrescido como Capital Social. Logo:

PASSIVO CIRCULANTE

Serviços recebidos antecipadamente...................R$ 460,00
Títulos a pagar.........................................................R$ 80,00
Contas a pagar........................................................R$ 78,59
Salários a lagar........................................................R$ 375,98
Total do Passivo.................................................R$ 994,57

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital Social........................................................R$ 3.684,20
Resultado.............................................................R$ 1.119,12
Total do PL......................................................R$ 4.803,32

TOTAL DO PASSIVO + PL................................R$ 5.797,89

Para encontrar o valor do Capital social apenas somamos o ativo e deste subtraímos o Passivo Exigível e o resultado do Exercício.
Então é isso, espero que tenham gostado e até a próxima.