quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Preço de transferência: uma aplicação do conceito custo oportunidade

Num ambiente empresarial tão competitivo o qual temos vivido e visto nas últimas décadas, tendo o sistema capitalista como agulhão decisório nos rumos das empresas em como sobreviver, considerar a análise do Preço de Transferência, com a aplicação do conceito de custo de oportunidade é solidamente considerado de maneira funcional no Sistema de Gestão Econômica GECON.
A aplicação desta metodologia numa empresa pode contribuir significativamente na eficiência e eficácia financeira, na mensuração criteriosa do resultado econômico, bem como a avaliação do custo de capital da empresa, e contribui também na avaliação de desempenho dos segmentos internos da empresa.


      O conceito do custo de oportunidade.

Custo de oportunidade é o valor de um recurso, bem ou processo em seu melhor uso, pode ser expresso como o valor medido entre uma ou mais alternativas comparadas entre elas. Tais alternativas devem necessariamente possuir as mesmas características, ou seja, devem produzir o mesmo resultado esperado. Na prática, é o benefício efetivamente obtido de uma decisão, considerando o melhor uso alternativo dos recursos envolvidos. Tendo em vista o custo da oportunidade, podemos aplicá-lo quando analisamos o preço de transferência de uma empresa.


      Preço de transferência

É o valor pelo qual são transferidos bens e serviços entre as atividades e áreas internas de uma organização. Segundo Catelli (2001). Os fundamentos do conceito do preço de transferência seguem as seguintes considerações:
Toda empresa é um processo de transformação de recursos em produtos/serviços, composto de diversas atividades que interagem entre si; As atividades possuem caráter econômico, que se materializa pelo consumo de recursos e geração de produtos e serviços; Os recursos consumidos, por serem escassos, possuem valor econômico (custos), e os produtos/serviços gerados, por satisfazerem necessidades ambientais, também possuem (receitas); e “As atividades contribuem para os resultados econômicos da empresa.”
Quando avaliado as possibilidades de tomada de decisão de optar ou não por uma forma de desenvolvimento do trabalho de um determinado segmento produtivo de uma organização, a análise do preço de transferência, utilizando como ferramenta o conceito do custo de oportunidade, o gestor deve ter ciência que o custo de oportunidade de um fator, representa economicamente, seu verdadeiro valor.
E também, aquilo que é desprezado como oportunidade quando da opção por uma alternativa, é a possibilidade de obtenção de melhores resultados em outras oportunidades.
Os fundamentos para a análise são que as atividades de uma empresa possuem um valor econômico, ou seja, necessitam de recursos para gerar produtos ou serviços, estes por sua vez, tem um valor econômico (receita) a ser transferido ao próximo fator produtivo.
Tomamos como exemplo uma empresa que produz refrigerantes, o setor onde é produzida a tampinha da garrafa necessita de um valor capaz de produzir a tampinha (custos de produção), com todos os seus insumos necessários. Por sua vez, este setor quando transfere os seus produtos para o setor de envasamento, transfere com um valor a ser agregado ao produto final (valor de venda).
Estes conceitos fazem com que o gestor constantemente analise a empresa e as possibilidades alternativas de produzir seus produtos e serviços na melhor eficiência e eficácia econômico-financeira, mantendo o mesmo padrão exigido.


      Modelo de preço de transferência baseado em custos

Segue quadro
Quadro 12-1: Preço de transferência em Custos

      Modelo de preço de transferência baseados em negociação entre gestores

Segue quadro:
Quadro 12-2: Preço de transferência e negociações


      Modelos de preço de transferência baseado em preços de mercado.

Segue quadro:
Quadro 12-3: Preço de transferência e preços de mercado
Devem ser consideradas algumas premissas na aplicação do conceito em uma empresa: Quando avaliadas as possibilidades de transferência em setores ou segmentos de uma organização, as alternativas devem ser viáveis para o negócio.


      Exemplo de análise de preço de transferência.

Segue quadro
BASE METODOLOGIAPONTOS FORTES PONTOS FRACOS
Figura 1: Segmentação da empresa: processo de transformação de produtos e serviços